Confidencialidade de informações

Como evitar prejuízos com o vazamento de informações?

908 309 Microservice

A confidencialidade de informações é um ponto fundamental para a estratégia dos negócios. Empresas que investem alto em pesquisa e desenvolvimento e querem manter suas inovações guardadas a sete chaves precisam colocar como prioridade absoluta a proteção de documentos. Já pensou se um concorrente consegue acessar dados sobre seus novos produtos, relatórios com análise de vendas ou de mercado? Ou então registros sigilosos de seus clientes?

Fatos assim podem acontecer e se transformam até em grandes escândalos mundiais, como no caso Panama Papers (Saiba mais aqui), em 2016, quando 11,5 milhões de arquivos confidenciais de clientes foram vazados a partir do escritório de advocacia Mossack Fonseca, do Panamá. O vazamento deixou expostas informações sobre atividades financeiras de 12 líderes mundiais e 128 políticos e funcionários públicos de diversos países.

Na época, especialistas de segurança indicaram que o vazamento ocorreu por vulnerabilidades na própria empresa de advocacia, que ainda usava softwares ultrapassados e mensagens internas sem criptografia, o que abriu brechas significativas para os invasores.

Confira 7 ameaças atuais que exigem proteção avançada do ambiente. 

Situações como a deste exemplo do Panamá mostram a importância do aumento da proteção das informações na estratégia de TI. Para evitar prejuízos financeiros e perda de credibilidade no mercado, é fundamental ter mecanismos para manter a privacidade de dados de toda a organização, incluindo e-mails e documentos que os usuários trocam entre si e fora da empresa. Afinal, existem muitas informações críticas de negócios e que não podem ser compartilhadas com todos.

Entenda o conceito da Governança da Segurança da Informação. 

Ferramenta para controle

Para isso, o ideal é ter ferramentas que definam quem pode acessar o que, com inclusão de rótulos e permissões específicas, de acordo com o nível de confidencialidade. Esses controles devem ser monitorados pela equipe de TI e precisam ser reajustados de acordo com as mudanças de liberação de acessos de cada usuário. Se uma pessoa tinha permissão a um determinado tipo de informação, mudou de departamento e não pode mais acessar aquele documento, isso deve ser alterado na ferramenta.

Saiba mais sobre Multi Factor Authentication que oferece mais segurança contra ataques devido uso indevido de senhas.

Também é possível compartilhar com segurança os documentos com colaboradores, clientes e parceiros da empresa, definindo o que cada usuário pode fazer com aquele arquivo. Por exemplo, um relatório de faturamento pode estar liberado para exibição e até edição, mas pode ser bloqueado para encaminhamento e impressão.

No caso de e-mails, é possível colocar restrições para a opção “Responder a todos” e para encaminhamentos, quando a ideia é que a pessoa somente leia aquele documento. Isso pode evitar até situações onde o compartilhamento é feito de modo não intencional, simplesmente por a pessoa ter clicado na opção indevida de resposta sem querer.

Assim, a empresa consegue restringir a disponibilidade de um determinado arquivo e pode acompanhar com segurança quais usuários estão tendo acesso e distribuindo cada tipo de informação.

Sua empresa ainda não utiliza ferramentas para aumentar a segurança da confidencialidade dos seus documentos? Então, entre em contato com a Microservice e sabia mais sobre as opções disponíveis.

SP (11) 4063-8108 | RJ (21) 4063-3343 | MG (31) 4063-7161 | PR (41) 4063-7161 | SC (47) 3322-2343 | RS (51) 4063-7161 | PE (81) 4062-9072