A criptografia para uma segurança infalível do backup na nuvem

Microservice

A segurança é um aspecto muito importante no dia a dia de toda empresa, qualquer que seja o tamanho dela e independentemente de quantas pessoas façam parte das suas equipes. Isso porque acidentes (ou incidentes) são capazes de atrapalhar o andamento dos trabalhos. Daí a necessidade de cuidar com eventualidades relacionadas à parte financeira, à manutenção dos clientes e à eficácia dos processos. Em relação a este último item, encontra-se o zelo indispensável com as informações e documentos. Se esse conteúdo vier a público, pode comprometer seriamente o negócio. E é por isso que, ao falar de backup na nuvem, precisamos falar também de criptografia.

A criptografia nada mais é do que uma segurança adicional no armazenamento dos dados. Quando uma informação é salva na nuvem, ela é protegida por usuário e senha, que garante o acesso de qualquer lugar, mas apenas às pessoas autorizadas. Essas características, embora sejam facilidades, são justamente as razões para que se tenha um cuidado redobrado em relação à segurança. É neste ponto que entra a criptografia, para realmente auxiliar nesse reforço nos aspectos de preservação dos conteúdos da sua empresa. Por isso, na hora de escolher uma solução online para armazenar seus materiais, esse reforço precisa ser considerado.

Quando os materiais na nuvem são acessados ou recuperados dentro da estrutura da sua empresa, pode até ser que você tenha um cuidado mais rigoroso. Mas além de, muitas vezes, ser necessário acessar esses documentos em outros lugares — em casa, na visita a clientes, em viagens —, você também poderá ter a necessidade de recuperar arquivos importantes em situações específicas e fora de um ambiente conhecido. Por isso, nem sempre haverá a segurança da sua rede de confiança para fazer esse acesso.

Como a criptografia ajuda na segurança do backup na nuvem

Quando dizemos que um documento está criptografado, estamos, na verdade, indicando que ele está completamente inacessível a qualquer ataque cibernético. Então, por mais que algum hacker consiga acessar os arquivos salvos na nuvem, ele não conseguirá ver nada!

Bem… na verdade não é como se aparecessem arquivos em branco. O que ocorre é que ele enxergará apenas informações que não fazem sentido nenhum. Na prática, esse sistema embaralha os dados, tornando-os ilegíveis e impedindo a leitura.

Desse modo, o invasor não conseguirá extrair nenhuma informação, simplesmente porque não vai compreender absolutamente nada. Tal segurança é possível por conta de um conjunto de regras que codificam as informações para que elas sejam acessadas unicamente pelo destinatário ou pessoa autorizada por ele. E não há o que faça descriptografar ilegalmente esses dados. De novo: a forma de ter acesso a esses dados é por meio de um código específico.

 

 

A criptografia é um sistema inacessível?

De maneira nenhuma! Não só é acessível como extremamente necessário. Nós já falamos das vantagens de realizar um backup na nuvem. Você precisa ter isso bem assimilado primeiramente, porque as vantagens são inúmeras. Mas se você chegou até aqui e passou a duvidar de qualquer aspecto de segurança por estarmos falando em criptografia, invasão e acesso a dados estratégicos, saiba que tais medidas não são exclusivas para os arquivos armazenados na nuvem.

É isso mesmo! Até em um servidor físico, os riscos de ataques cibernéticos são existentes. E ainda que alguma empresa escolha fazer o backup dos seus documentos estratégicos em uma estrutura dessas é indicado fazer a criptografia. Por isso, a proteção oferecida ao criptografar os arquivos não é uma exclusividade da cloud computing.

Então já vimos que essa solução é necessária em qualquer circunstância, mas ainda não verificamos a questão levantada pelo título desse tópico: é inacessível? Não. Ela está presente, inclusive, em operações comuns do dia a dia, como o internet banking ou o comércio eletrônico. Existem até mesmo produtos no mercado que oferecem a criptografia para documentos pessoais, para pessoas físicas guardarem suas fotos, trabalhos acadêmicos e organizarem os projetos pessoais.

Temos um exemplo emblemático pra ilustrar exatamente isso que estamos falando: o WhatsApp. Frequentemente vemos notícias de juízes que querem acesso aos dados deste aplicativo para uso em investigações criminais. Mas o Facebook, proprietário do aplicativo, não tem acesso a nenhuma mensagem, a nenhum dado trocado entre os usuários. Mesmo que só quisesse fornecer esses dados para a Justiça, seria impossível, uma vez que todos estão criptografados. Como consequência, o serviço acaba ficando dias indisponível e a empresa não tem o que fazer porque, nem querendo, conseguiria contribuir com as investigações.

Esse é um assunto amplamente debatido até mesmo nas mais renomadas agências de investigação e inteligência do mundo, como as da Europa e dos Estados Unidos: nem elas conseguem ter acesso a dados criptografados. Quer dizer, está mais do que claro que essa segurança adicional é necessária e extremamente eficaz para proteger as informações da sua empresa, não é verdade?

Se você ainda tem dúvidas a respeito desse assunto, tem alguma colocação a fazer ou quer saber como a gente pode ajudar a deixar os documentos da sua empresa armazenados de uma maneira mais prática e ao mesmo tempo segura, entre em contato conosco! Deixe seu comentário aqui e nós teremos a satisfação de interagir com você!

SP (11) 4063-8108 | RJ (21) 4063-3343 | MG (31) 4063-7161 | PR (41) 4063-7161 | SC (47) 3322-2343 | RS (51) 4063-7161 | PE (81) 4062-9072