Porque ter um firewall de última geraçaõ?

Firewall: você conhece as diferenças entre os mais antigos e os de última geração?

884 319 Microservice

O avanço da tecnologia fez com que o dia a dia das empresas ingressasse de vez na era digital. Com o uso cada vez mais frequente de ferramentas e dispositivos de TI, nos mais diversos setores da economia, também aumentaram as vulnerabilidades a que os negócios estão expostos. Ao buscar uma solução em segurança, é importante entender as diferenças entre as opções de firewall.

O firewall ainda é uma das principais defesas para as redes de uma organização. Mas para que ele seja realmente eficaz é importante verificar se a solução está de acordo com as tendências de última geração nesse tipo de tecnologia.

Para garantir a segurança tecnológica adequada é preciso ter mecanismos modernos, que possam fazer uma proteção eficiente contra os ataques, que estão mais sofisticados a cada dia.

Conheça a nossa solução Sonar Shield.

Como eram os firewalls mais antigos?

Os firewalls não são exatamente uma novidade no mercado. Os mais antigos já existem há cerca de 25 anos. Esses primeiros modelos traziam somente mecanismos mais básicos de segurança, fazendo o controle do que entrava e o que saia das redes.

Apesar de ter recursos limitados, muitas empresas ainda escolhem essa opção por uma questão de custo, como o Firewall Linux, por exemplo, que tem código aberto, sem gastos com licenciamento.

O problema é que, ao fazer a escolha pelo modelo mais tradicional, as empresas acabam não garantindo todos os recursos para ter uma segurança adequada para seus negócios.

Outro ponto é que as ameaças e ataques também evoluem e é necessário que a solução acompanhe a evolução para garantir a proteção necessária. Confira o post com as principais tendências de ciberameaças. 

Porque ter um firewall de última geração?

Os firewalls de última geração podem trazer mecanismos bem mais avançados que oferecem uma segurança ainda mais ampla.

Esses novos modelos concentram diversos recursos de segurança como:

  • Filtragem de conteúdo, com a qual é possível restringir quais sites podem ser acessados, evitar o acesso a sites maliciosos e também limitar os tamanhos de arquivo para downloads, etc.
  • Bloqueio de spam, antivírus e anti-malware,
  • IPS (Sistema de Prevenção de Intrusão), que consegue identificar atividades maliciosas, enviar alarmes ao administrador e até bloquear as ações suspeitas,
  • VPN (Rede Virtual Privada), que protege as informações trocadas e dificulta a interceptação de dados.

Todos esses recursos são centralizados para gerenciamento em um mesmo local, o que facilita a visibilidade para identificar ameaças e definir regras de segurança.

Os firewalls de última geração conseguem fazer o controle e bloqueios de acesso com base nas aplicações e também nos usuários e departamentos, aumentando o potencial de segurança.

Paralelo ao firewall, é importante uma boa gestão da segurança da informação, já que muitas vezes a ameaça pode estar dentro da própria empresa. Veja nosso post 5 ameaças para sua empresa que podem estar na rotina de trabalho no seu negócio.

Entendeu como um firewall de última geração pode ser mais eficiente para a segurança? E na sua empresa, ainda é usado um firewall mais antigo?

SP (11) 4063-8108 | RJ (21) 4063-3343 | MG (31) 4063-7161 | PR (41) 4063-7161 | SC (47) 3322-2343 | RS (51) 4063-7161 | PE (81) 4062-9072