Dicas de como investir na segurança

Investimentos em segurança: você está fazendo isso errado? 

895 308 Microservice

Os ataques cibernéticos estão cada vez mais frequentes e com níveis de gravidade cada vez maiores. Não é à toa que as empresas se preocupam e investem cada vez mais em segurança da informação. Elas aplicam recursos em tecnologias para proteger suas informações e também para garantir uma imagem positiva e de credibilidade no mercado.  

Um estudo, divulgado pelo especialista Gartner, mostra que os gastos mundiais com segurança da informação podem chegar a US$ 96,3 bilhões neste ano de 2018. A estimativa deste valor indica um crescimento de 8% em relação aos investimentos de 2017.  

Os volumes de investimento são um fato concreto. Mas será que as empresas estão direcionando corretamente os recursos destinados para a segurança da informação?  

 Muitas organizações ainda cometem erros na hora de fazer os investimentos nesta área. Confira se na sua empresa ainda existem algumas destas falhas nos gastos com segurança:  

 1- Não tem gestão completa da segurança  

 Antes de partir para investimentos, é preciso que a empresa tenha um planejamento para uma gestão mais completa de toda a sua segurança da informação. Isso inclui primeiro ter o conhecimento de onde estão as vulnerabilidades, a quais riscos estão expostos e o que seria necessário fazer para eliminar ou mitigar esses riscos.  

 Quem sai comprando ferramentas e gastando muito, sem fazer uma gestão da segurança da informação já está errando logo de início. Dessa forma, os investimentos acabam sendo feito de maneira incoerente e sem um propósito adequado com as necessidades da empresa. 

Entenda a segurança da informação de maneira estratégica. 

 2- Não utiliza ferramentas adequadas 

 Os ataques geralmente ocorrem por brechas que são deixadas em softwares e hardwares. Por isso, é importante investir em ferramentas adequadas e estruturas mais completas para garantir a segurança. Ter somente um firewall ou apenas antivírus está fora de cogitação atualmente. 

 É preciso contar com soluções que oferecem proteção em várias camadas de segurança, que ampliem sua atuação, agindo desde a identificação da suposta ameaça, controle e ações reativas. Para isso, existem ferramentas de nova geração, com combinação de diversos mecanismos integrados que aumentam a proteção e justificam um grande investimento. 

Leia também os 4 desafios atuais da empresa com relação a segurança.

 3 – Não investe em treinamento dos colaboradores 

 Não adianta aplicar recursos consideráveis em ferramentas e esquecer dos usuários de todos esses recursos. Os colaboradores precisam estar cientes de que suas atitudes responsáveis são fundamentais para a segurança da informação da empresa onde trabalham.  

 Então, é preciso investir em treinamentos, palestras para que todos possam saber como devem agir para contribuir dentro de um processo mais abrangente de gestão de segurança da informação. É preciso explicar na prática que simples ações do dia a dia, como um compartilhamento de senhas, por exemplo, pode ser prejudicial.  

 Além de treinar, deve ser estipulada e divulgada  também uma política clara de segurança, para que todos saibam o que é permitido ou não dentro da organização. Assim, todos passam a ter mais consciência da responsabilidade coletiva em relação à proteção dos dados da empresa. 

 4 – Não conta com serviços de especialistas 

 Muitas empresas não podem contar com uma ampla estrutura interna de TI. Por isso, é fundamental investir na contratação de especialistas, que podem contribuir com uma visão mais completa de todas as soluções que podem ser oferecidas para garantir a segurança das informações.  

 Assim, a empresa pode manter o foco no sua estratégia principal do negócio e mesmo que tenha funcionários na área de TI, eles conseguem se direcionar melhor para os assuntos relacionados à empresa, e deixar a segurança na mãos de quem realmente entende.  

 Afinal, a segurança da informação precisa evoluir e se atualizar na mesma velocidade rápida em que acontecem os ataques, e isso dificilmente é conseguido somente com uma equipe interna de colaboradores.  

 Confira as 7 vantagens de contratar um serviço especializado. 

A empresa onde você trabalha ainda comete erros ao investir em segurança da informação? Quer mudar isso e ter uma orientação correta? Conheça a nossa solução Microservice Sonar Shield  ou entre em contato com a nossa equipe de especialistas.

SP (11) 4063-8108 | RJ (21) 4063-3343 | MG (31) 4063-7161 | PR (41) 4063-7161 | SC (47) 3322-2343 | RS (51) 4063-7161 | PE (81) 4062-9072