Como escolher antivírus: manual prático para empresas

Tempo de leitura: 10 minutos

Sem tempo para ler? Ouça este post ou baixe para ouvir mais tarde!

Necessidade de proteção, orçamento disponível, confiabilidade, recursos oferecidos: afinal, como escolher antivírus para empresas? O que deve ser considerado na hora de eleger uma ferramenta eficaz?

De fato, se a solução é indispensável para fortalecer a segurança digital nos negócios, analisar as opções do mercado e fazer uma escolha acertada pode ser um grande desafio. 

A seguir, confira que recursos e critérios observar na análise de uma solução de antivírus efetiva – sem perder as demandas da sua empresa de vista! 

Recapitulando: a importância-chave do antivírus corporativo 

À medida que as tecnologias avançam – e as próprias soluções de segurança se tornam mais sofisticadas -, as ameaças cibernéticas evoluem em nível similar. Quando consideramos a dependência crescente das empresas em relação aos serviços digitais (desde serviços de e-mail até soluções em nuvem), garantir a cibersegurança é sem dúvidas uma prioridade. 

Nessa perspectiva, o antivírus é uma das tecnologias mais básicas e vitais para assegurar a privacidade e a disponibilidade dos dados corporativos, criando uma barreira efetiva de proteção contra a ação hacker. 

Ransomware, trojans, cryptojacking, phishing, ataques DDoS: a navegação na web, assim como o uso de softwares e aplicações com funções diversas, é sinônimo de vulnerabilidade a golpes, violações e roubo de informações sigilosas e confidenciais. 

Na prática, os antivírus atuam para detectar e remover ameaças, apresentando-se em versões mais completas e avançadas para atender às demandas empresariais. Aqui, vale reforçar o alerta: as soluções mais enxutas e gratuitas da ferramenta não são indicadas para aplicação nos negócios, que exigem uma segurança mais assertiva e abrangente contra as investidas cibercriminosas. 

Por esse motivo, quando o assunto é como escolher antivírus para empresas, o primeiro passo é partir de programas sofisticados desenvolvidos especificamente para o ambiente organizacional: os chamados antivírus corporativos

Saiba Mais 👉  Antivírus corporativo: o que é, como funciona e qual é seu papel? 

Como escolher antivírus: 5 critérios para ficar de olho 

Créditos da imagem: vectorjuice 

1. Abrangência da proteção 

Este é um dos pontos mais importantes: uma solução de antivírus eficaz deve conferir uma proteção contínua a todos os tipos de arquivos, todos os componentes da rede vulneráveis a malwares (códigos maliciosos) e todos os domínios do computador

Nesse sentido, a ferramenta deve oferecer uma cobertura completa aos endpoints e portas de entrada dos dispositivos, além de ser capaz de detectar atividades suspeitas e oferecer segurança à navegação online, e-mail e FTP (Protocolo de Transferência de Arquivos). 

Verifique o nível de proteção contra as principais ciberameaças! 

É importante ressaltar: ao analisar a abrangência da proteção, você também deve averiguar se o software atua – no mínimo! – contra os golpes e malwares mais comuns e recorrentes da atualidade.

De fato, um bom antivírus corporativo protege não apenas contra vírus, mas combate também outros tipos de cibercrimes, a exemplo de: 

  • spyware;
  • ransomware (o famoso “sequestrador de dados”);
  • adware;
  • phishing (que persuade os usuários a revelarem informações financeiras ou sigilosas via e-mail, mensagens de texto ou sites falsos);
  • spam;
  • pharming. 

2. Usabilidade 

Se a pauta é como escolher antivírus, a facilidade de usar e navegar o software vale ouro! Caso contrário, a adesão à solução terá um efeito inverso: deixar seu negócio vulnerável a ataques e brechas de segurança

É preciso ter em mente, aqui, que não basta executar o programa: é preciso mantê-lo constantemente atualizado com as últimas versões lançadas pelo fabricante. Sem usabilidade e praticidade, o antivírus torna-se complexo e aumenta as chances de erro por parte do operador. A depender da dificuldade, o usuário pode até mesmo desativar o sistema. 

Nesse sentido, dois recursos básicos que concedem usabilidade e devem ser observados na hora da escolha são: 

  • Simplicidade da interface do usuário: priorize um software que seja de uso intuitivo, fácil de navegar e compreender. No dia a dia, os usuários devem ser capazes de detectar rapidamente se uma ameaça foi identificada e removida. 
  • Atualizações automáticas: prefira as soluções que executam updates, patches e reconfigurações automaticamente, sem a necessidade de intervenção humana. 

3. Suporte técnico ao cliente 

Seguindo na linha da importância da usabilidade, contar com um bom suporte técnico é outro critério indispensável para eleger um bom antivírus empresarial. 

Ao contar com assistência dedicada e especializada, a equipe de TI pode tirar máximo proveito dos recursos do software, potencializando a segurança e reduzindo o tempo de resolução de contratempos técnicos. 

4. Confiabilidade 

É claro que a análise da procedência e do renome da marca fabricante faz toda a diferença no processo de como escolher antivírus, atendendo às exigências de proteção do seu negócio. 

Pesquise por conta própria e considere a opinião de usuários e especialistas, mas não deixe de priorizar as marcas líderes do segmento e de reputação reconhecida no mercado. 

5. Prevenção em tempo real e rápida remoção de ameaças 

Aqui vai outro alerta importante: determinados softwares entram em cena somente para remediar ameaças, atuando de forma reativa aos incidentes de segurança. 

Vá pelo outro caminho! Para o ambiente corporativo, é fundamental escolher antivírus proativos, ou seja, que trabalhem preventivamente para minimizar os riscos e combater problemas antes mesmo que aconteçam

Nesse contexto, ferramentas eficazes de prevenção de ameaças que devem integrar seu antivírus são: 

  • Varredura completa do sistema: esse recurso “escaneia” todos os elementos do dispositivo para detectar qualquer sinal de comprometimento dos dados, identificando possíveis riscos com agilidade. 
  • Proteção da navegação na web: essa proteção filtra links de URLs e páginas da internet para avaliar o histórico de segurança, assim como seu risco potencial. A segurança na navegação online, como não poderia deixar de ser, é crucial para tapar as brechas digitais que levam à invasão hacker. 
  • Verificação reativa de arquivos: a ferramenta analisa o possível perigo dos arquivos antes que eles sejam abertos pelos usuários. Para tanto, o banco de dados que compila os “riscos conhecidos” pelo sistema é utilizado como referência. 

Por sua vez, os recursos de remoção de ameaças são elementos essenciais para todas as soluções antivírus: nesse ponto, vale a pena verificar a agilidade e a qualidade da ação do software para eliminar os riscos previamente identificados. 

De forma geral, a regra é clara: se a dúvida é como escolher antivírus, certifique-se de selecionar um sistema que ofereça tanto a prevenção, quanto a remoção eficaz de ciberameaças. 

guia-do-inovador

Conclusão: como escolher antivírus 

Além de ficar de olho nos 5 critérios acima, é importante avaliar o orçamento disponível no negócio e considerar que o investimento no antivírus corporativo – apesar de fundamental – deve fazer parte de um contexto maior das soluções de cibersegurança a serem adotadas na empresa (a exemplo de firewalls, VPNs e backups regulares). 

Na fase de avaliação, também vale a pena solicitar demonstrações do serviço e a opinião de especialistas, que podem ajudar no processo de como escolher antivírus de maneira acertada para as necessidades de cada negócio. 

Por fim, para resumir os principais pontos que compõem a qualidade da proteção de um antivírus eficaz, é importante observar: 

  • a frequência das atualizações (priorizando os updates automáticos);
  • a eficiência para detectar e remover malwares dos computadores;
  • a capacidade de oferecer uma proteção de alto nível sem impactar significativamente o desempenho dos dispositivos. 

Para simplificar a instalação do software no seu negócio, extrair o máximo de performance e maximizar a proteção, a Microservice disponibiliza a solução do antivírus como serviço, oferecendo a consultoria e o suporte de especialistas na gestão da melhor ferramenta para as suas necessidades. Para saber mais, fale com um de nossos especialistas!

Nosso objetivo é proporcionar a solução mais eficaz para as demandas de nossos clientes, garantindo o uso das melhores tecnologias para a conquista de resultados expressivos e sustentáveis.

Newsletter

cadastre-se na nossa newsletter e receba conteúdos no seu e-mail