Porque-Gerenciar-Seus-Riscos-da-Segurança-Da-Informacao

Você conhece seus riscos de Segurança da Informação?

884 319 Microservice

A gestão de riscos de segurança da informação é fundamental para que as empresas saibam a quais vulnerabilidades estão expostas e quais os impactos que elas têm sobre a organização.

Ao conhecer os riscos, a empresa consegue fazer um planejamento adequado para conseguir eliminá-los ou ao menos mitigá-los, e assim evitar prejuízos financeiros ou danos para a imagem da companhia.

Fazer o gerenciamento dos riscos significa estar preparada quando algum acidente ou incidente aconteça, mesmo que eles pareçam ser bastante improváveis.

A necessidade da empresa estar preparada para todas as eventualidades cresce ainda mais em um cenário onde a tecnologia ganha mais força, com a chegada da 4ª Revolução Industrial, que inclui elementos como a Internet das Coisas, Inteligência Artificial e os Sistemas Ciber-Físicos.

Além disso, a dependência das pessoas em relação aos dispositivos eletrônicos também está cada vez maior, o que exige um preparo antecipado e mais amplo nas mais variadas áreas.

Confira o webinar “Você conhece seus riscos de Segurança da Informação?” e saiba mais.

Por que gerenciar seus riscos de segurança da informação?

Podemos dizer que existem 4 motivos principais pelos quais se deve fazer um gestão de riscos de segurança de informação:

  • dar visibilidade para a alta direção sobre a situação da segurança de informação,
  • fazer investimentos adequados para eliminar ou amenizar os riscos,
  • conseguir uma abordagem ágil para tomada de decisões e
  • estar em conformidade com os requisitos legais.

Visibilidade para a alta direção

Depois que é feita a análise de riscos da empresa, é essencial que eles sejam levados ao conhecimento da direção da organização.

É preciso mostrar quais possibilidades podem ocorrer, o que é preciso fazer para evitar ou mitigar, quais os investimentos necessários, e deixar claro que o custo em remediar algum problema que ocorra pode ser muito maior do que o investimento em prevenção.

É importante também não deixar que seja gerada uma falsa sensação de segurança só porque os investimentos estão sendo feitos, já que esse processo de gestão é contínuo e sempre haverá algum risco a ser tratado.

Confira as principais tendências em ciberameaças aqui.

Investimentos adequados

A gestão de riscos possibilita que a empresa tenha uma noção mais exata se está fazendo os investimentos adequados em segurança da informação.

Com a gestão, consegue-se visualizar quais riscos são mais altos e exigem investimentos prioritários e quais não oferecem tanto impacto e podem ter soluções de custos menos expressivos.

Essa participação efetiva na definição de investimentos coloca o setor de TI em uma posição estratégica dentro da empresa, com participação fundamental na proteção dos dados, considerados hoje como um dos ativos mais importantes de muitas organizações.

Agilidade na tomada de decisões

Com o mapeamento dos riscos, sabendo quais os mais prováveis e quais os maiores impactos fica mais fácil agir com rapidez para colocar em prática mecanismos de controle.

Mas é claro que essa agilidade de decisões não pode ocorrer somente quando os problemas ocorrem. A gestão de riscos tem que abranger ações preventivas, se antecipando ao que pode dar errado.

Muitas vezes os riscos podem estar dentro das organizações como abordamos no post Conheça as 5 ameaças para sua empresa. 

Conformidade com os requisitos legais

A gestão de riscos da segurança da informação está contemplado em algumas normas técnicas que servem como referência nesta área.

Existe a norma ISO 31.000 que estabelece orientações genéricas sobre gestão de riscos, incluindo todos os possíveis riscos de qualquer empresa.

E também uma norma mais específica da área de segurança da informação: ISO 27.001, que determina uma série de procedimentos para gestão do risco na organização na área segurança da informação.

Há ainda a ISO 22.301, da Gestão de Continuidade dos Negócios, que inclui os possíveis incidentes que podem ocorrer, como reduzir a possibilidade que aconteçam e como evitar que a empresa tenha que parar caso ele ocorram.

Veja também Legislação digital: entendas leis cibernéticas

São várias razões para fazer o gerenciamento dos riscos da segurança da informação. E na sua empresa, essa gestão já é feita? Consulte nossos especialistas e saiba mais.

Confira o webinar “Você conhece seus riscos de Segurança da Informação?” .

SP (11) 4063-8108 | RJ (21) 4063-3343 | MG (31) 4063-7161 | PR (41) 4063-7161 | SC (47) 3322-2343 | RS (51) 4063-7161 | PE (81) 4062-9072