Antivírus corporativo: o que é, como funciona e qual é seu papel nas empresas?

Tempo de leitura: 12 minutos

Sem tempo para ler? Ouça este post ou baixe para ouvir mais tarde

Os antivírus corporativos tornaram-se imprescindíveis para as empresas porque, ao mesmo tempo em que a digitalização oferece mais otimização, inteligência de dados e produtividade, surgem novos ataques cibernéticos cada vez mais sofisticados.

Neste contexto, considerando que a dependência da tecnologia para os processos de trabalho é cada vez mais crucial, contar com um bom antivírus corporativo é um cuidado básico e essencial para as organizações.

A seguir, esclareça todas suas dúvidas sobre o tema e descubra as vantagens de possuir o, também chamado, antivírus gerenciado. Acompanhe.

O que é antivírus corporativo?

Antivírus corporativo consiste em um software de proteção contra ameaças cibernéticas, com mais recursos e robustez do que as soluções voltadas para dispositivos pessoais (antivírus residenciais).

Isso significa que essas ferramentas contam com pacotes de serviços exclusivos para as empresas lidarem com grandes volumes de dados e diversas variedades de ciberataques.

Com o objetivo central de detectar e remover ameaças, o antivírus gerenciado previne o acesso a sites suspeitos, a fim de evitar roubo de informações, invasões e protege todos os tipos de dispositivos conectados na infraestrutura empresarial, como notebooks, desktops, servidores e dispositivos móveis.

Vale destacar que o antivírus corporativo também oferece recursos extras como a gestão de sistemas, rastreamento e identificação de vulnerabilidades e correções de falhas.

Confira também: O que é cibersegurança: categorias, ameaças e ações de proteção

Qual a importância do antivírus gerenciado para a segurança de dados?

Créditos: Rawpixel

Não é preciso ser um especialista para entender os riscos da segurança de dados. Todos os dias nos deparamos com notícias de vazamentos, ataques de ransomware e empresas que sofreram violações.

A exemplo disso, de acordo com pesquisa da Check Point, em 2021 o Brasil registrou um aumento de 77% de ataques cibernéticos a redes corporativas. Ou seja, a segurança de dados é cada vez mais essencial para a longevidade dos negócios.

Sendo assim, dispor de um antivírus gerenciado é fundamental para construir uma barreira eficaz de segurança nas empresas. Para além do acesso indevido a computadores e redes empresariais, os ataques hackers podem se “infiltrar” nos negócios de diferentes maneiras. Vejas As principais:

  • Downloads de programas ilegais ou uso de programas sem licenciamento legítimo;
  • Abertura de anexos de e-mail suspeito;
  • E-mails falsos que persuadem os usuários a revelarem informações sigilosas/financeiras (técnicas de engenharia social);
  • Uso de unidades removíveis infectadas (como dispositivos USB);
  • Falhas de segurança e brechas de atualização de softwares;
  • Acesso a páginas web infectadas;
  • Cliques em links maliciosos;
  • Anúncios web infectados com malware.

Em meio a esse cenário de tantos riscos, o antivírus corporativo é capaz de criar uma barreira de proteção para todos os terminais da empresa e suas possíveis brechas, a fim de proteger diferentes frentes de vulnerabilidades.

5 vantagens de ter um bom antivírus corporativo 

1. Proteção continuada

A ferramenta oferece proteção contínua ao mesmo tempo que permite que os computadores sejam utilizados normalmente. Além disso, aciona notificações e atualizações automáticas para evitar a vulnerabilidade dos programas.

2. Gestão simplificada de segurança

O antivírus gerenciado oferece gerenciamento centralizado. Ou seja, as regras de proteção podem ser definidas e aplicadas para toda a rede de uma só vez, o que reduz os custos de manutenção e agiliza todo o processo.

Veja também: Firewall: o que é, como funciona e qual a importância para empresas?

3. Bloqueio de acessos

Um dos principais recursos do antivírus corporativo é bloquear o acesso a sites e páginas da web suspeitas e infectadas para evitar ameaças distribuídas por estes canais, como malwares.

4. Redução de custos de manutenção e prevenção de lentidão

Uma vez que atuam em segundo plano, os antivírus corporativos não interrompem ou interferem no uso dos computadores. Assim, os computadores e servidores que não estão lentos ou sobrecarregados conseguem rodar de maneira contínua.

5. Suporte técnico especializado

Os bons antivírus corporativos contam com o suporte de uma equipe de especialistas em cibersegurança e segurança de dados. Dessa forma, em caso de incidentes e situações de risco, o time de TI obtém suporte para otimizar as rotinas de detecção e remoção de ameaças.

Confira 7 opções recomendadas para empresas

Trend Micro Apex One

É uma solução avançada de segurança de endpoint que possui uma ampla gama de recursos oferecidos em um agente único, com consistência em SaaS e implantações on-premise. O produto permite aprimorar a detecção e as respostas automatizadas, além de fornecer insights úteis para maximizar a segurança de dados.

Sophos Intercept X

É uma plataforma de antivírus cuja principal função é a proteção contra a ação de malwares, phishing, ransomwares e ataques de vírus. O Sophos ainda permite combinar a proteção avançada com uma análise em tempo integral de comportamentos que possam ser considerados maliciosos.

Microsoft Defender for Endpoint (MDE)

O Microsoft Defender para Ponto de Extremidade é uma plataforma projetada para ajudar a prevenir, detectar, investigar e responder a ameaças avançadas. Para isso, utiliza tecnologia como sensores comportamentais de ponto de extremidade, análise de segurança na nuvem e inteligência contra ameaças.

Symantec Endpoint Protection

Desenvolvido pela Broadcom Inc., o Symantec Endpoint Protection é um pacote de software de segurança que consiste em recursos antimalware, prevenção de intrusões e firewall para servidores e computadores desktop, além de possuir recursos típicos de segurança de dados.

McAfee Endpoint Security

Essa plataforma de proteção de endpoint com gerenciamento centralizado utiliza um único agente para múltiplas tecnologias. Ao contrário do software antivírus tradicional, o McAfee Endpoint Security aproveita conexões entre endpoints locais e na nuvem para detectar, bloquear e corrigir ameaças quase em tempo real.

Harmony Endpoint

Uma solução completa de segurança de endpoint para impedir ameaças iminentes, como ransomware, phishing e malware. O Harmony Endpoint é ideal para evitar violações de segurança e comprometimento de dados. Além disso, a solução é focada na prevenção, com mais de 60 mecanismos.

Bitdefender

O Bitdefender é um software antivírus corporativo projetado especialmente para a proteção de computadores com sistema Windows. Ele oferece proteção em tempo real contra ransomware, phishing, fraudes online, entre outros. Além disso, a solução ainda conta com recursos multicamadas para eliminar ameaças novas e antigas.

Conclusão 

Ao lado de soluções importantes como firewall, gestão de backups, VPNs (redes privadas virtuais) e a atualização de softwares, o antivírus corporativo é um elemento-chave na construção de uma rede de proteção sólida nas empresas de todos os portes.

Além de bloquear o comportamento indevido dos usuários, os sistemas de última geração oferecem mais segurança de dados e controle de alto nível de ameaças externas, inclusive os malwares mais recentes e sofisticados.

Para simplificar a instalação do antivírus corporativo no seu negócio e maximizar a segurança, a Microservice oferece a proteção do antivírus como serviço, com suporte de especialistas. Trabalhamos com soluções de ponta que garantem todos os recursos e funcionalidades que um antivírus gerenciado sistema pode oferecer.

Nosso objetivo é proporcionar a solução mais eficaz para as demandas de nossos clientes, garantindo o uso das melhores tecnologias para a conquista de resultados expressivos e sustentáveis.

Newsletter

cadastre-se na nossa newsletter e receba conteúdos no seu e-mail